Prédio com porteiro em Juiz de Fora, vale a pena?

Tempo de leitura: 3 minutos

Enquanto alguns moradores não abrem mão do auxílio diário dos porteiros, outros preferem investir em apartamentos sem esse profissional. Assim como em diversas regiões mais populosas, a questão de se ter ou não o prédio com porteiro em Juiz de Fora também pesa na hora de comprar ou alugar um imóvel.

E aí, o que você prefere?

Preço do condomínio

É fato que a contratação de porteiros significa um acréscimo no valor do condomínio pago pelos moradores. Afinal, esses profissionais recebem todos os encargos de direito e é preciso dividir as despesas entre os condôminos.

Esse é o principal motivos que faz os moradores repensarem a necessidade de se ter porteiros 24 horas.

Por isso, a primeira dica é refletir se o valor desse investimento compensa em relação às suas necessidades diárias.

Apoio no dia a dia e segurança

Principalmente para prédios com maior número de apartamentos e com a presença de muitos moradores idosos, a figura do porteiro se torna essencial para muitas pessoas pela ajuda no dia a dia.

Os porteiros auxiliam em diversas atividades. Recebimento de uma encomenda, auxílio em uma mudança, anunciando os visitantes ou na ajuda aos condôminos para entrarem nas dependências com mais facilidade são algumas delas.

Mas a sua presença se torna diferenciada quando os porteiros ficam atentos à possíveis situações de perigo e monitoram constantemente todo o ambiente para garantir a segurança e a ordem, como é o caso do acesso a câmeras de vigilância e as rondas.

Por isso, fica o questionamento: é importante para você ter um porteiro para ajudar na sua rotina? Você não abre mão de ter uma pessoa vigiando as dependências do seu condomínio?

Tecnologia que substituem as atividades do porteiro

Mais uma vez, a tecnologia vem como uma alternativa a fim de facilitar a rotina das pessoas . Como a matéria do Jornal Nacional trouxe, as portarias virtuais ganham espaço nos prédios paulistas. Mas você conhece essa iniciativa?

Com a portaria virtual, todo o sistema de controle de acesso e segurança é feito remotamente. O atendente em central monitora a movimentação dos moradores, funcionários e visitantes. Se alguém tocar o interfone, é tirada uma foto do visitante e o morador é comunicado da sua chegada.

Para você entrar num prédio sem porteiro, tecnologias como a leitura biométrica também já são realidade no país.

E tem outra novidade! Os Correios estão começando a implementar novas caixas de correspondências que funcionam por um número de identificação.

É bem simples: o carteiro coloca uma chave eletrônica nessa caixa e informa para qual apartamento é a encomenda. Ao chegar em casa, o morador usa a sua chave eletrônica para acessar a caixa e retirar o pacote ou a correspondência. Veja mais sobre a proposta aqui.

Logo, logo, essas tecnologias chegarão nos prédios de Juiz de Fora.

E aí, portaria vazia para economizar no condomínio, o que você acha?

Adaptações para agradar a todos

Ter ou não ter porteiro, eis a questão!

Mas, calma. Algumas mudanças podem ser feitas a partir de uma conversa durante a reunião de condomínio. Um exemplo é na adaptação das funções e horário de trabalho dos porteiros.

Por exemplo, alguns condomínios optam por contratar porteiros apenas o período da noite ou então para os finais de semana.

Prédio com porteiro em Juiz de Fora: hora da escolha

Agora você já refletiu sobre os prós e contras de um prédio com porteiro em Juiz de Fora. A dica final é: decida de acordo com as suas necessidades.

Afinal, são muitas opções de imóveis no mercado e a Souza Gomes te ajuda a encontrar o apartamento ideal para você em Juiz de Fora! Entre em contato com a gente pelo (32) 4009-8611 ou então navegue pelos nossos imóveis com o recurso de geolocalização clicando aqui.

Aproveite para deixar um comentário abaixo com a sua preferência. Compartilhe com a gente a sua experiência! 

Thaiza ass

Thaiza Gribel


Thaiza é jornalista e Assessora de Comunicação da Souza Gomes Imóveis

O que você achou desse texto?

%d blogueiros gostam disto: