Conheça os imóveis inteligentes

A cultura popular dita a maioria das regras do mercado. Eu afirmo isso porque a força da maioria da população, seus costumes e hábitos são sempre estudados pelas empresas. Assim, elas podem entregar ao consumidor a demanda que eles realmente precisam.

Os automóveis, por exemplo. Antigamente, talvez a família conseguisse ter apenas um carro. Talvez. Trazendo para o mercado imobiliário, você vai perceber que os prédios antigos têm uma vaga de garagem, e muitos deles, nem garagem tem.

Podemos ter situações também que a empresa tem a percepção sobre o comportamento cultural, e entregam demandas aos consumidores que eles nem sabiam que tinham ainda. Veja o IPhone, da Apple. Uma fenômeno que mudou toda uma geração.

Não é só a Inteligência Artificial que vai te surpreender

Ultimamente, em termos de tecnologia, a Inteligência Artificial tem uma promessa futurista e próspera em todos os âmbitos alcançáveis. Uma proposta com soluções que irá surpreender e, como a Apple, mudar a direção da história.

No entanto, você deve estar se perguntando…

O que são imóveis inteligentes?

Não são esses imóveis tecnológicos que, ao bater palmas, a luz apaga. Estou falando de estudo de caso e de necessidade de cliente.

Como assim?

Hoje, as construtoras entenderam que cada cliente é único. Tem seu universo de características e histórias, passado e presente. E toda esta junção que torna cada pessoa singular, não pode simplesmente ser traduzida em paredes iguais.

O Personnalité Bom Pastor é um grande exemplo disso. Você consegue montar seu apartamento com propostas diferentes, cômodos diferentes, desenhando a planta que você precisa, e não aderindo ao que te oferecem.

Consegue entender a força disso? É como se o construtor dissesse “sou apenas um executor que faz as suas vontades”. 

E isso, amigo, é um imóvel inteligente.

Tudo pensado para o bem estar do cliente 

Mais um exemplo é o studio Versatile. Analisando de fora, percebemos que as pessoas querem praticidade. Por isso o fast food deu tão certo, já reparou? Porque é prático. E por que não trazer isso para dentro do ramo imobiliário?

Por que não trazer, para dentro dos lançamentos, espaços que forneçam essa praticidade?

No Versatile, as áreas comuns são realmente compartilhadas, deixando os 35 m² aproveitáveis da melhor maneira possível ao cliente. Se precisar de um espaço maior, terá um home cinema e um espaço gourmet para receber amigos confortavelmente, além de espaço fitness, lavanderia e solarium.

O planejamento milimétrico dos 35 m² quadrados privativos do apartamento demonstram a importância da inteligência imobiliária que vem sendo praticada no mercado.

imóveis inteligentes
imóveis inteligentes

Por fim, a reflexão que quero deixar referente à analogia da inteligência artificial e os imóveis inteligentes é que, por mais que a ciência e a tecnologia avancem com força total, alavancando cada vez mais nossas casas, escritórios, dentre outros, são as pessoas que realmente ditam as regras.

Esse e todos os outros modelos de negócio estão voltados para melhorar a vida das pessoas. O que nos comprova o quão atual está o mercado imobiliário de Juiz de Fora!

Artigo escrito por Maiara Tófano, proprietária da Tófano Imóveis, Corretora e Advogada convidada pelo Blog Morar Juiz de Fora 

O que você achou desse texto?

%d blogueiros gostam disto: